MENSAGENS DO DIA

“As soft skills são decisivas”

O secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, deixa a sua opinião sobre o papel que as competências podem desempenhar no desenvolvimento da economia                                                                                                                             

Olhando para o futuro, há um debate intenso sobre a importância das soft skills vs. hard skills. Qual deve ser a aposta?
A aposta não pode ser numas em detrimento de outras, tem de ser no equilíbrio entre respostas de educação e formação que potenciem a aquisição de competências dos dois tipos. As chamadas soft skills são hoje cada vez mais decisivas, mas não dispensam a solidez da formação, académica ou outra, em questões mais substantivas - pelo contrário, podem potenciar o seu exercício. É evidente que existem várias nuances neste equilíbrio, desde logo em função dos segmentos do mercado de trabalho que estejam em causa. Por exemplo, nos segmentos mais qualificados dos jovens, as soft skills são decisivas e podem fazer a diferença na transição para o mercado de trabalho. Mas muitas vezes este défice de competências é confundido com falta de experiência profissional. São questões distintas, porque as soft skills também podem e devem ser objeto de treino, em todas as fases da vida. Dito isto, de facto, a inserção em contextos de trabalho potencia quer as chamadas soft skills quer as competências profissionais mais tradicionais. É por isso que a promoção de mecanismos de aprendizagem em contexto de trabalho, seja do lado das políticas públicas seja do lado das empresas e dos próprios trabalhadores, é tão importante. Por fim, não podemos esquecer-nos de que uma parte muito significativa da nossa população adulta não concluiu sequer o ensino secundário e que, mesmo entre os jovens, apesar de todos os progressos, há ainda assimetrias.

Para ver mais http://expresso.sapo.pt/iniciativaseprodutos/o-meu-futuro/2017-03-01-As-soft-skills-sao-decisivas

 

TESTEMUNHOS

Marketing & External Communications Manager at BP - Anabela Silva

O talento tem a ver com o conhecimento e a capacidade para o adquirir ou com uma determinada habilidade ou skill, mas também com quem tem agilidade mental, capacidade de se adaptar à mudança, o gosto por fazer coisas novas, a capacidade para trabalhar em equipa e o gosto em assumir responsabilidades e riscos. 
Tudo isto são competências muito valorizadas para todos os que querem fazer a diferença! Tudo isto são soft skills. Competências que podem pesar na balança do negócio de uma empresa quando esta se pretende destacar no mercado em que opera e que a ajudam a fazer frente a algumas dificuldades, no contexto de mudança e complexidade da atividade empresarial em que se move. 
Na BP sabemos o impacto que as soft skills têm no negócio, na cultura empresarial e em cada um dos nossos colaboradores e, por isso, a nossa associação a esta Iniciativa surgiu de forma natural. Queremos, através do nosso exemplo, dar o nosso contributo na sensibilização junto dos jovens da importância de investir no desenvolvimento destas skills que podem, verdadeiramente, fazer a diferença nas suas vidas e na vida das empresas em que estiverem integrados. 

Cumprimentos, 
Anabela Silva